Rinoplastia

1. O RESULTADO DEFINITIVO EM RELAÇÃO À FORMA E FUNÇÃO É IMEDIATO?
R: Não. No pós-operatório do nariz notamos um edema (inchaço) que vai diminuindo com o passar dos dias e que tende a se normalizar em torno do 3º mês.

2. COMO FICARÁ MINHA RESPIRAÇÃO APÓS A CIRURGIA?
R: A rinoplastia também, visa, se possível, melhorar as condições respiratórias do paciente, quando estas condições são precárias no nariz original. Apesar de haver alguma dificuldade respiratória no pós-operatório imediato (algumas semanas), isto se deve ao edema também existir na parte interna do nariz, assim como o movimento de válvula respiratória fica prejudicado nesse período, por alteração da elasticidade das asas. Com o decorrer do tempo tende a normalizar-se.

3. QUAL O TIPO DE ANESTESIA PARA A RINOPLASTIA?
R: Tanto a anestesia local quanto a geral poderão ser utilizadas. Ficará critério de cirurgião e paciente decidirem qual o mais indicado em cada caso.

4. QUANTO TEMPO DEMORA A CIRURGIA?
R: Entre 1 e duas horas.

5. QUAL O TEMPO DE INTERNAÇÃO?
R: Poderá variar de meio período até 1 dia de internação. Tudo dependerá do tipo de anestesia utilizada e da recuperação do paciente no pós-operatório imediato.

6. SÃO UTILIZADOS CURATIVOS?
R: Usa-se apenas micropores sobre o nariz e no segundo dia já se respira pelas narinas. Quando se realiza o procedimento de fratura, o nariz é mantido imobilizado com um material tipo gesso, que o recobre totalmente, permanecendo por cerca de 7 dias; é utilizado também o tamponamento nasal (gazes inseridas nas narinas) que poderá ser deixado por 24 a 72 horas.

7. QUANDO SERÃO RETIRADOS OS PONTOS?
R: Alguns pontos dentro o nariz serão absorvidos pelo organismo em torno de 10 dias e não precisam ser retirados. Se forem necessários pontos não absorvíveis, eles serão retirados em 1 semana.

8. HÁ DOR NO PÓS-OPERATÓRIO?
R: Raramente. A rinoplastia apresenta pós-operatório confortável.. Quando ocorrer uma eventual dor, esta é facilmente combatida com analgésicos.

9. QUANDO PODEREI TOMAR SOL?
R: Geralmente após o 3º dia pós-operatório, não existe qualquer inconveniente em se expor ao eventual Sol da rua. Se a face apresentar equimoses (aquelas manchas roxas características de infiltrado sanguíneo), deverá ser utilizado um foto-protetor FPS 30. Entretanto, para exposições longas (praias, banhos de sol), aconselha-se aguardar um período mínimo de 30 a 45 dias.

10: QUAL A EVOLUÇÃO PÓS-OPERATÓRIA?
R: Até que se atinja o resultado almejado, diversas fases evolutivas são características deste tipo de cirurgia. Edemas (inchaço), manchas, dificuldade respiratória nos primeiros dias, são comuns a todos pacientes; evidentemente, alguns apresentam estes fenômenos com menor intensidade que outros. Muitos pacientes estarão apresentáveis 10 dias após a operação, quando eles podem voltar a escola ou ao trabalho. Durante os primeiros 10 dias suas pálpebras, bochechas e lábio superior poderão estar inchados. O amolecimento da ponta do nariz ocorre tardiamente. Caso sua cirurgia seja feita com fratura dos ossos nasais, as atividades atléticas devem ser limitadas por um mês.