Próteses de Mamas

Próteses de Mamas

Artigos do Dr. Ricardo Franchini
o Dr. Ricardo atende pela UNIMED CAMPINAS além de atendimento para particulares.
Leia os artigos escritos sobre o procedimento da cirurgia plástica e acompanhe todo os seu período pré-operatório e pós-operatório.

1. POSSO SER ALÉRGICA AO SILICONE?
R: Por não ser de origem biológica, o silicone não induz o organismo a produzir anticorpos que poderiam desencadear um processo alérgico. Somente pacientes com doenças autoimunes (ex. lúpus) não devem colocar silicone.

2. O QUE VEM A SER O ENDURECIMENTO DAS MAMAS?
R: Em todos os casos, o organismo irá produzir uma cicatriz interna envolvendo toda a prótese. A paciente deve massagear as mamas por 30 dias durante a formação desta cápsula cicatricial para que ela fique frouxa. Por causas ainda desconhecidas pelos médicos, pode haver uma retração exagerada da cápsula fibrosa causando um grau de endurecimento quando as mamas são palpadas. Denominamos contratura capsular aos casos mais raros, nos quais, sob tal retração, ocorre o endurecimento das mamas. A paciente deverá procurar o cirurgião para proceder nova cirurgia onde esta cápsula será cortada e a prótese será colocada em outro plano, atrás ou na frente do músculo peitoral.

**A retração da cápsula ou a ruptura da prótese, não refletem imperícia do cirurgião, mas sim, um comportamento reacional atípico do organismo das pacientes. Não cabe ao cirurgião a responsabilidade em gastos futuros com re-intervenções que porventura sejam necessárias, decorrentes de retrações capsulares, endurecimento das mamas, rupturas tardias das próteses.

3. O IMPLANTE MAMÁRIO PODE CAUSAR CÂNCER DE MAMA?
R: Não existem dados clínicos ou laboratoriais apontando para o aumento da taxa de câncer de mama em mulheres com qualquer tipo de implante de silicone.

4. O IMPLANTE DE SILICONE ATRAPALHA A REALIZAÇÃO DO EXAME DA MAMOGRAFIA?
R: As mamografias podem ser realizadas nas pacientes que tenham próteses de silicone tanto acima como abaixo do músculo. Contudo, o técnico deve ser informado sobre a existência da prótese, pois existem projeções especiais que proporcionam maior visualização da mama do que as projeções habituais. Ultrassom e ressonância magnética também são importantes na avaliação das mamas com implantes de silicone.

5. QUAL O TIPO DA ANESTESIA UTILIZADA?
R: Anestesia geral, peridural ou local com sedação, sempre com anestesista.

6. QUANTO TEMPO DURA A CIRURGIA?
R: Em média 60 minutos. Se houver mastopexia também (levantamento da mama), então varia de 2 a 3 horas.

7. QUAL O PERÍODO DE INTERNAÇÃO?
R: Raros são os serviços nos quais a paciente pernoita após implantes mamários. Geralmente tem alta no mesmo dia.

8. ONDE SE LOCALIZAM AS CICATRIZES?
R: As principais vias de incisão para colocação das próteses mamárias são: o sulco inframamário, na linha da aréola ou pela axila.

9. POR QUE ALGUMAS PACIENTES FICAM COM CICATRIZES MUITO VISÍVEIS?
R: Certas pacientes apresentam tendência à cicatrização hipertrófica ou ao queloide. Geralmente, pessoas de pele clara não tendem a esta complicação cicatricial; pessoas de pele morena têm maior predisposição ao queloide ou à cicatriz hipertrófica.

10. EXISTE CORREÇÃO PARA AS CICATRIZES HIPERTRÓFICAS E QUELOIDES?
R: Vários recursos clínicos e cirúrgicos nos permitem melhorar cicatrizes inestéticas, na época adequada. Não se deve confundir, entretanto, com a evolução natural do período mediato da cicatrização. Qualquer dúvida a respeito da sua evolução cicatricial deverá ser esclarecida com o seu cirurgião, que fará a avaliação do estado em que se encontra a cicatriz.

11. O PÓS-OPERATÓRIO DESTA CIRURGIA É DOLOROSO?
R: Geralmente não. Este pós-operatório é bastante confortável, desde que você obedeça às instruções médicas, principalmente no que tange à movimentação dos braços, nos primeiros dias.

12. SÃO UTILIZADOS CURATIVOS?
R: Sim. Sobre os cortes haverá micropore que permanecerá por 15 dias e será trocado pelo cirurgião. Sobre os micropores haverá gazes que deverão ser trocadas sempre que molharem no banho ou pelo menos uma vez por dia. Em cerca de 3 dias as gazes já serão dispensadas e somente os micropores deverão ser secados com secador de cabelo após os banhos.

13. SÃO UTILIZADOS DRENOS?
R: Drenos são recipientes para coleta de sangue que pode acumular no local da cirurgia. Em muitos casos os cirurgiões os utilizam após cirurgias de próteses. Nestes casos as pacientes serão bem orientadas a como procederem em casa. Eles serão retirados pelo médico em 24 a 72 horas.

14. QUANDO SÃO RETIRADOS OS PONTOS?
R: Geralmente são retirados entre o 7º e 10º dia pós-operatório.

15. QUANDO PODEREI RETORNAR AOS MEUS EXERCÍCIOS?
R: Depende do tipo de exercícios. Aqueles relativos aos membros inferiores, poderão ser reiniciados entre 10 a 15 dias. Os exercícios que envolvam o tórax, geralmente devem aguardar de 30 a 45 dias.

RECOMENDAÇÕES PRÉ-OPERATÓRIAS:

Organize-se para o período pós-operatório. Veja quem poderá ajudá-la nos primeiros dias.

Não esquecer de providenciar a SUTIÃ PÓS-CIRÚRGICO. Compre 2 sutiãs para a troca durante a lavagem.

RECOMENDAÇÕES PÓS-OPERATÓRIAS:

Evitar esforços nos 7 primeiros dias.

Não movimentar os braços em excesso.

A Drenagem Linfática começa por volta de 5 dias depois da cirurgia.

Massagem na mama deve começar no 3º dia, em casa, e continuar por 1 mês (o médico irá ensinar como fazê-la). Esta massagem é fundamental para o bom resultado, pois ajuda a evitar a contratura da cápsula fibrosa que endurece as mamas.

Exercícios de academia (para braços) após 45 dias.

Após a retirada dos pontos, manter o micropore sempre limpo e seco.

A exposição ao Sol poderá ser após 30 dias, mas com bloqueador solar na cicatriz.